Destaques, Devocionais

Toda trabalhada na santidade. #8

Alguns anos atrás, foi lançado um livro na Inglaterra chamado “Dressing the Queen” (Vestindo a Rainha), feito pela personal stylist e estilista Angela Kelly, que vem acompanhando a monarca desde 1994. Neste livro ela relata os segredos do guarda-roupa de Elizabeth II, que apesar de não estar no auge de seu reinado, continua com os holofotes voltados para seu closet, chamando a atenção de todos. Ela revela que vai muito além de apenas ajudar a Rainha se vestir, que há um planejamento complexo desde as pequenas coisas como, o modelo do colar, do guarda-chuva, do corte de cabelo, das cores usadas, o descarte do chapéu após as seis da tarde, até os pesos nas bainhas das saias (para não deixar voar). Tudo é pensado e repensado até a escolha definitiva de cada peça, e apesar de aparentar ser “prazeroso” ser uma Rainha, vemos que não é apenas esbanjar a sua riqueza e fazer tudo aquilo que se deseja, pelo contrário, todo o mundo está olhando para ela, analisando o corte do seu vestido, o modelo dos seus sapatos, o jeito que acena ou sorri, se gosta de teatro ou prefere um chá das cinco, e assim em diante. Podemos chegar à conclusão que uma rainha deve ser toda trabalhada nas regras de etiqueta, na elegância, na simpatia, na educação, no bom caráter, sabedoria, na diplomacia e na compaixão para com o próximo, ser um verdadeiro exemplo e modelo de cidadã, porque qualquer erro pode acabar manchando a imagem de gerações de reis e rainhas de sua família.

Em 1 Timóteo 1:17, fala sobre o Deus único, invisível e imortal, que é o nosso Rei eterno! Ele está acima de qualquer monarquia que há aqui nesta Terra, e nós como filhas desse Rei, nos tornamos princesas através dessa paternidade, somos coerdeiras em Cristo Jesus, fazemos parte dessa Realeza e devemos buscar ser parecidas com nosso Rei, “Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo”.  (1 Pedro 1:15-16)

Pesa sobre nós uma responsabilidade, pois devemos ser modelos para quem está no mundo, agindo como filhas do Rei, com amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio (Gálatas 5:22). E para sermos assim é necessária uma vida de dedicação e compromisso, que glorifica o nome do Senhor Jesus, regada com orações, jejuns, ações de graças e leitura bíblica. Fomos chamadas para sermos “toda trabalhada” na santidade, chamadas para ficar atentas com nossa forma de falar, pensar, sentir e se vestir, sendo filhas obedientes, nos preocupando com o próximo e com o tempo que estamos passando aos pés do nosso Rei dos Reis. Devemos nos manter em alerta, lembrando que os olhos do mundo estão sobre nós, e que o inimigo das nossas almas quer nos expor, nos induzir ao erro a fim de nos afastar de Deus e roubar a nossa coroa. Porém, não se desespere, pois Jesus é o Senhor de nossas vidas e Ele deseja colocar dentro de nós uma porção da sua santidade, se buscarmos fazer aquilo que o coração do Pai se agrada e buscar incansavelmente mudanças nas nossas vidas, pela sua infinita misericórdia e seu grande amor, Ele nos dará porções dobradas de força, ousadia e sabedoria necessárias para sermos princesas valorosas, a fim de sermos semelhantes ao nosso Rei Jesus, para glória de Deus Pai!

Escolha hoje, ser uma mulher toda trabalhada na santidade, uma princesa do Senhor, comprada pelo sangue do cordeiro, que sabe que foi resgatada, transformada e mesmo sem merecer foi amada pelo Rei do universo, e que um dia, reinará com seu Pai em um reino glorioso, por toda a Eternidade.

 

Deixe seu comentário!

Campos obrigatórios são marcados com *